Você deseja trabalhar num centro francês da rede ibérica? Nós lhes oferecemos três opções:

1. O contrato local : O centro escolar contrata diretamente ao pessoal e assina com os candidatos um contrato conforme com o direito local (espanhol ou português, dependendo de onde fique o centro). O pessoal contratado em regime local pode ocupar os postos de professor, de administrativo, ou de auxiliar de coletivos. Cada centro define os perfis dos postos vagos conforme as suas necessidades e realiza uma lista dos requisitos e competências exigidas para poder aspirar ao emprego em questão.

Você é titular da função pública francesa ? Para exercer neste âmbito, você deve ter pedido previamente uma demissão  a sua administração de origem. Se você é contratado num centro da MLF ou num centro associado à AEFE,  poderá solicitar destacamento no estrangeiro do ministério francês da Educação nacional, o que assegura a continuidade da sua carreira oficial (promoções, cotizações). Mais informação: AEFE, MLF.

Para consultar as ofertas de emprego e as modalidades de apresentação de candidatura, clique no centro que lhe interesse:

 
Os seguintes centros não têm uma página web específica para o emprego, mas os pode contatar ou enviar uma candidatura espontânea ao endereço que aparecerá: EF Ferdinand de Lesseps (Barcelona), LF Murcia, LF Gava, CF Reus, LF Bel Air (San Pere de Ribes), LF Palma de Maiorca, LF Castela e Leao (Valladolid), EF St Louis des Français (Madri), EF Pomme d’Api (Madri)
 
2. O contrato residente: Os postos de residentes são fundamentalmente  de professores de Primária ou Secundária. Estos postos só existem nos centros administrados diretamente ou acreditados pela AEFE. Para apresentar a sua candidatura, deve ser necessariamente titular da função pública francesa e ter exercido no mínimo dois anos como titular na França. Mais informação: web de contratação, AEFE, FAQ (perguntas mais freqüentes)
 

3. O contrato expatriado: São postos de diretores de centros, de diretores administrativos e financeiros, ou de diretores de escolas, reservados para os titulares da função pública francesa. Estos postos só existem nos centros negociados diretamente ou acreditados pela AEFE. Mais informação: AEFE, FAQ